Segunda-feira no home office

home office desk
Segunda-feira para muitos é o dia mais desesperador. Não só acaba com o final de semana, também te joga no ritmo louco de outra jornada de 5 dias que parecem nunca ter fim, mas a segunda-feira no home office pode ser bem diferente! E essa é só uma das vantagens de trabalhar no estilo home office.

Como hoje tive um dia tranquilo pensei em fazer um post contando um pouquinho da importância das manhãs de segunda-feira e como isso reflete no resto da minha semana.

O que pode acontecer numa segunda-feira?

Segundas costumam ser dias incertos por aqui. Hoje, por exemplo, foi uma manhã de segunda onde escolhi dormir. Simplesmente dormir e descansar, pois estava precisando – outra grande vantagem de um home office é poder respeitar suas reais necessidades. Me permito fazer isso, pois, a menos que tenha alguma entrega marcada para manhã de segunda, ainda tenho toda uma semana de trabalho pela frente e aquelas horinhas que usei para ter um melhor início de semana rapidamente serão compensadas.

Outra coisa que acontece é que às vezes as manhãs de segunda são viajando de volta pra casa. (LDR ♥) Sendo assim, contar com as manhãs de segunda como horário produtivo não é uma boa ideia. Então preferi abraçar a situação e tirar o melhor proveito disso.

Mas em uma segunda-feira, que chamarei de normal apenas por ser o ideal do meu planejamento, quando acordo faço as coisas de sempre… Checo redes sociais e mensagens pessoais, tomo um banho, o café da manhã e assisto a um episódio de alguma série que esteja acompanhando (a do momento é Once Upon a Time).

E começa a minha semana!

Abro o Spotify e com a discover weekly começo a arrumar minha mesa e meu entorno. Me livro dos papéis que não vou precisar nunca mais, arquivo os que não vou precisar no momento ou que já concluí, organizo lápis e canetas espalhados, limpo meu ambiente de trabalho, pois sei que um ambiente tumultuado me faz sentir tumultuada e minha capacidade de focar fica bastante reduzida.

Com a mesa arrumada e já bem desperta, vejo quais atualizações no youtube me interessam naquele momento. Minha principal dica de canal para checar às segundas é o Doodle Date,  que é atualizado aos domingos.

E então vou aos e-mails. Limpo as caixas de entrada, marco o que preciso rever e responder e, se for uma resposta que possa dar, já respondo. Caso contrário, como quando preciso enviar algum arquivo que precisa passar por alguma revisão, alteração ou finalização, volto para responder em outro momento.

Com e-mails organizados, faço a revisão da ToDoist, tento fazer uma ou duas vezes por semana, sempre acrescentando as tarefas conforme elas aparecem.

Com tudo isso pronto, abro minhas agendas – de mesa e do google – e começo a trabalhar. Anotando os horários em que iniciei e finalizei cada ciclo de trabalho. Chamo de ciclo porque é assim que funciona pra mim. Eu divido meu dia em 3 ou 4 partes, ou ciclos, dependendo do quão envolvente seja e quão envolvida esteja em um desenvolvimento do projeto, ou de quão apertado esteja meu prazo. Normalmente um ciclo é de 2 a 3h de trabalho, sendo que quando é um trabalho muito desgastante, seja por repetição ou por uma necessidade extra de atenção aos detalhes, onde precise renovar o olhar constantemente para evitar erros, trabalho utilizando o método pomodoro.

Normalmente pela manhã faço um ciclo, à tarde outros dois e um à noite. Nesses ciclos me divido entre design, arte, empreendedorismo, atendimento, fotografia, marketing, prospecção, estudos, redes sociais, projetos pessoais, blogs, todas as coisas pessoais… E loucura! Porque quando penso no quanto quero fazer sempre me acho louca, mas o prazer de fazer essas coisas variadas sempre esteve presente em mim, assim como a vontade de dominar todo o processo e, foi assim que após a minha última tentativa de trabalhar em ambiente externo tive ainda mais certeza de que home office era a coisa certa pra mim. E isso, com certeza, será assunto recorrente em muitos outros posts!

Marcador de página: Coração de origami

Dia nos namorados pertinho, aproveitei para recriar a categoria tutoriais.
Hoje o texto vai ser curtinho mesmo, porque o que interessa é esse esquema que preparei ensinando a fazer esse marcador de página em formato de coração. Perfeito para o dia dos namorados! Corre que é rapidinho, ainda dá tempo de fazer!
Marcador de Página Coração Origami

Vai dar um livro de presente? Já leu e adora? Marca os trechos que mais gosta!
Ainda não leu? Vão ler juntos? Enche de corações com um bilhetinho para cada novo capítulo de forma a motivar a leitura e recompensar se for uma leitura obrigatória.
Ou então, coloque apenas um como um real marcador de páginas.

Outra opção bem legal é fazer com um papel maior e colar um bloquinho para anotações na aba traseira, assim você sempre terá onde tomar notas da leitura.

Ah! Em caso de solteirisse, faça assim mesmo! É divertido e super fofo. Dá pra fazer com cores, texturas, padrões variados e deixar tudo mais lindo.
Aproveita as dicas e esse friozinho para ter um final de semana maravilhoso na sua caverna de edredom colocando essa leitura em dia!

Resumo de Março – 2016

Março foi mês de aniversários e Páscoa, consequentemente muitas gordices e delícias! Foi um bom mês. Um mês que me mudou um pouco, mas de um jeito necessário e relativamente positivo.

12 de março de 2016, Catete Alagado

Enchente

Dia 12 saí com as amorecas e, como estava previsto teria muita, muita chuva. Na volta, a enchente que tinha esperanças de não pegar, mas que eu já esperava, estava me esperando na saída do metrô. Depois de muitas considerações, decidi encarar e voltar pra casa. Voltava a chover forte e se esperasse, não voltaria pra casa no mesmo dia… Foi a aventura do dia, além, de andar à noite pelo centro, mas tive um dia ótimo com as melhores amigas e a chuvinha que encheu até a metade da coxa e que fez o Rio entrar em estado de alerta valeu a pena!
Sem contar que, chegando em casa, algum vizinho do prédio ao lado começou a gritar: “Cuidado com o tubarão!!” e eu só podia mesmo era rir de toda a situação.

Páscoa

Páscoa

Esse ano a páscoa foi dia 27 de maço e decidi que faria brigadeiros e chocolates variados para dar de presente. Fiz brigadeiros de chocolate meio amargo, chocolate meio amargo e amêndoas, coco e chocolate branco e chocolate branco com limão. Ficaram umas fofurinhas! Aprendi várias coisas nas experiências culinárias e não vejo a hora de repetir a dose e melhorar as receitas em outro dia de chocolateira. – Aliás, aproveitando a deixa sobre chocolateira, fica a recomendação de um filme que vi há um tempo atrás e que adorei: Românticos Anônimos (Les émotifs anonymes).

Reconciliação & Aniversário do Hans

Tivemos um mês bastante difícil desde a metade de fevereiro, mas em compensação essa é a primeira lembrança de março, ainda que já tenha sido pela metade do mês. Passamos quase um mês nos falando bem pouco, começamos a nos esforçar mais e repensar o que queríamos, o que queremos. Muitas dificuldades, muitas diferenças em coisas muito importantes, mas no final do mês estávamos mais unidos do que antes. Mais esforçados e mais pacientes. Desde então tudo têm sido muito bom – certeza que nossa nerdisse teve um grande papel nessa reconciliação, porque estamos cada vez mais próximos graças a isso. – Ainda bem! ♥

Logo depois da páscoa, fui passar uma semana com o Hans – quase uma semana. O aniversário dele, dia 30, foi em uma quarta-feira e consegui me organizar para ir na quarta mesmo comemorar os 29 anos. Passei 3 dias com ele e os tios em São José dos Campos e mais que um namorado maravilhoso 90% do tempo, não podia ser mais grata pela família super querida que ele tem. Sempre vejo várias pessoas com problemas no relacionamento por causa da família e eu sou muito sortuda com isso tudo.
Voltando ao aniversário… Tive a chance de andar sozinha em SJC, conheci o shopping Colinas, passeei durante horas até que ele saísse do trabalho, comprei um presentinho divertido na imaginarium e então nos encontramos! Jantamos e logo fomos pra casa descansar, já que ele ainda teria mais dois dias de trabalho e eu estava exausta da viagem, das andanças e do calor que fez aquele dia!
Na sexta-feira ele costuma sair mais cedo então aproveitamos para no início da noite, antes de irmos para São Paulo, ir com os tios dele tomar um sorvete em uma sorveteria artesanal, a artesane gelateria. Linda, com um atendimento super especial e simplesmente deliciosa – se estiver por São José, não perca a chance de conhecer!